Como funciona o processo seletivo para universidades federais?

As universidades federais são referência no ensino tanto nacional quanto internacional e ingressar em uma dessas instituições do ensino superior é o sonho de muitos estudantes. Mas como funciona o processo seletivo para conseguir uma vaga? Descubra abaixo:

As universidades federais são as instituições do ensino superior de maior prestígio, pois promovem ensino de qualidade, bolsas de iniciação científica como incentivo a pesquisa acadêmica, eventos para todas as áreas e o melhor, custo zero para os estudantes.

Por isso, muitas pessoas almejam ingressar em uma instituição de ensino da rede públicas, mas resta entender como funciona este processo.

ENEM

O primeiro passo para conseguir a sua vaga no ensino superior é participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), um processo seletivo que acontece anualmente. É a sua pontuação no Enem que garantirá ou não a sua vaga em uma universidade federal.

O exame acontece em dois domingos consecutivos do mês de novembro e os assuntos abordados são referentes às matérias regulares do ensino médio. A prova é distribuída em 45 questões objetivas para cada matéria abordada somadas a uma prova de redação.

Depois da participar do Enem, os estudantes devem aguardar a divulgação das notas para poder se inscrever nos sistemas de distribuição de vagas do Enem.

Vale mencionar que algumas universidades federais aderiram parcialmente ao Enem, isto quer dizer que além do exame, o estudante pode tentar ingressar através do vestibular tradicional.

Sisu 

O Sisu corresponde ao Sistema de Seleção Unificada e é responsável, exclusivamente, pela distribuição de bolsas de estudo das universidades federais. Esse sistema funciona através de uma plataforma online, na qual os candidatos do Enem devem se inscrever após a divulgação de notas e aguardar o resultado do SISU.

O processo seletivo do SISU 2021 é realizado com os dados do candidato do Enem, que deverá efetuar seu login para ter acesso as vagas disponíveis por instituição.

Nota de Corte

Quando o candidato faz o seu login no Enem, precisará selecionar duas opções de curso: a primeira sendo a prioridade e a segunda como outra opção subsequente, mas o que realmente dirá se este candidato irá interessar em uma universidade federal é a sua nota de corte.

A nota de corte corresponde a média mínima inscrita em determinado curso. Se, por exemplo, um estudante que tirou uma nota equivalente a 600 no Enem aplica a sua pontuação para o curso de Administração, e logo em seguida, um estudante de pontuação 600.1 também aplica a sua nota, ficará com a vaga a maior nota.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Como funciona o processo seletivo para universidades federais?

Adicionar Comentário